quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Estão matando cachorro a grito


Peço licença aqui para, ao invés de falar sobre coisa alguma, falar sobre algo. O que é a arte hoje em dia? Não, não quero entrar nestes enfadonhos e chatos debates sobre filosofia da arte, sobre o porquê de nossa existência inútil (ou coisas do gênero). Também não gostaria de adentrar em acalorados debates sobre Arte Contemporânea, nariz empinado, cara de nojo e cafés expressos “chiquérrimos” de 10 reais. Como estudioso de arte, confesso que fazia muito tempo que não havia nada que essas criaturas loucas (embora alguns prefiram o termo excêntrico) fizessem que fosse capaz de me impressionar. Tempos atrás, porém, isto aconteceu. Em agosto deste ano, um artista costarriquense de nome Guillermo Vargas (conhecido pelo codinome Habacuc) teve a brilhante idéia de amarrar um cachorro indefeso, magro e doente em uma das esquinas da sala de exposição, deixando-o até sua morte (a do cachorro, óbvio). Eu me pergunto quais as limitações do artista? Habacuc defende sua obra com um envernizado discurso acerca de “como as pessoas se sensibilizam acerca da morte de um animal enquanto milhões de pessoas morrem todos os dias na Costa Rica, vítima de ação policial”. Ora, bilhões de pessoas morrem todos os dias pelos mais diversos motivos e, nem por isso, saímos por aí matando cachorros, gatos, lebres ou qualquer ser vivo pra chamar atenção. Que admirável mundo novo é este em que vivemos onde mães abandonam filhos em lata de lixo (isso quando não enrolam em um saco e jogam num rio), filha mata a sangue frio e finge chorar para sensibilizar a opinião pública – é contigo mesmo Suzane Louise von Richthofen – ou presidentes se vêem no direito de aniquilar nações inteiras na “guerra contra o terror”. Hoje matam um pobre animal de fome diante dos olhos passivos de esnobes fruidores de arte, o que farão amanhã? Peço um minuto de silêncio pela morte do bom senso humano.

Saibam mais sobre a polêmica de Habacuc

P.S.:Desculpem gente, hoje to de TPM.

2 comentários:

minimus disse...

eu matava o cara se estivesse lá (quem já me viu bêbado.. sabe q eu tentaria..)..

deb disse...

Excelente o teu texto

comentaria...se tivesse algo mais a ser dito.. =~(