segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Hipocrisia (eu quero uma pra viver)

Hoje eu descobri que eu sou um grande hipócrita. Devo ser. Desses que se gabam de ser tão diferentes das demais pessoas, mas que no fundo querem a mesma coisa que todas elas. Desses que listam suas qualidades como se fossem os únicos no mundo que as portam. Desses que criaram uma série de pré-requisitos para ser amado e, em conseqüência disso, não encontram amor. Devo ser. Desses que clamam merecer o amor de uma menina diferente, mas querem na verdade uma menina comum, pois sabem que meninas diferentes são sinônimo de problema. Desses que estufam o peito para dizer o quanto não dão importância para o que o mundo pensa de si, mas que morrem de medo da simples idéia de ser odiado por alguém. Devo ser.

Um hipócrita. Desses que não perdem seu tempo lutando quando sabem que a batalha está perdida. Mesmo se o coração está mandando lutar. Desses que fingem esquecer, mas lembram e convivem com a dor disso silenciosamente. Devo ser.

Um grande hipócrita que ainda pensa no que já deveria estar morto e enterrado. E lamenta o fato de não ter poder nenhum para mudar a situação.

É. Devo ser.

5 comentários:

minimus disse...

é.. talvez.. e quem sabe.. no fundo.. sejamos todos assim..

AnA disse...

somos todos escravos da hipocresia...
não sabendo se deus existe, quem irá nos proteger além dela nessa vida?

Bjs

Mel disse...

Bahhhhhh muito bom teus textos.
Li com prazer!
;)

deb disse...

muito bom o texto!!!!

Juliana Galante disse...

Gostei muito!